Aglomerando - Agregador de conteúdo

Xena - A Destruidora de Nações

Xena foi criada em 1995 para participação especial no seriado Hércules. Pouco tempo depois, ainda no mesmo ano, a personagem ganhou seu próprio programa: Xena, A Princesa Guerreira. O seriado durou seis anos e Xena é apontada como responsável pelas mudanças no gênero de ação e aventura, como pioneira em uma nova fase onde as mulheres passaram a desempenhas os papéis centrais. Este feito, consagra a Xena como ícone da televisão mundial.




"Na época dos Deuses antigos

Opressores e Reis

Uma terra sem lei clamava por uma heroína

Xena, uma poderosa guerreira forjada no calor da batalha

A força...A paixão... O perigo

A coragem dela mudará o mundo"



Xena nasceu na cidade de Anfípolis, na Heláde (atual Grécia). Filha da taverneira Cyrene e do guerreiro Atrius. Xena teve dois irmãos, Lyceus e Toris. Certo dia, Atrius chegou bêbado de uma batalha e afirmou a esposa que teria que sacrificar Xena em nome de Ares, deus da guerra. Para evitar tal absurdo, Cyrene mata Atrius e não conta a Xena sobre o ocorrido. Toris era o mais velho dos três irmãos e por isso tornou-se mão direita da mãe, passando a ajudá-la a manter a família. Xena e Lyceus tornaram-se os melhores irmãos e amigos, passando os dias entre jogos e aventuras. Os anos passaram e os irmãos fortificaram suas habilidades para a guerra.




Um dia a paz a que a cidade estava acostumada foi ameaçada por Cortese, um mercenário ambicioso que pretendia saquear a cidade onde vivia Xena. Perante a ameaça, os moradores de Anfípolis acharam melhor render-se a Cortese, por ninguém possuía conhecimentos em combate. Xena e Lyceus, claro, foram contra e afirmaram que se todos se rendessem, não poderiam voltar atrás. As pessoas não estavam dispostas a um enfrentamento, tampouco queria perder sua liberdade. As palavras bonitas de Xena acabou por convencer um grupo de jovens que tinha a mesma idade dela.




O combate foi devastador e muitos anfipolitanos morreram, mas o exército de Cortese foi derrotado e Anfípolis pode se reerguer na liberdade. Mesmo com a vitória, Xena não sentia-se vitoriosa, por na batalha perdera seu irmão. Isso fez com que seu coração se enchesse de ódio e frustração. O desprezo de sua mãe e de muitos outros moradores de Anfípolis pesou para ela. Muitos desses moradores perderam seus filhos na batalha e já não se importavam mais com a liberdade.




Sozinha e desprezada, Xena saiu de Anfípolis e começar a conquistar outras partes da região para obter poder e riquezas para impedir que mercenários, saqueadores ou o que fosse, que voltasse a saquear sua cidade natal. Xena alcançou seu objetivo. Por muitos anos ela foi uma guerreira temida e brutal, que carregava um enorme número de vítimas. 




Xena tornou-se uma lenda. Uma mulher sedenta por poder e riquezas e seu nome era odiado por toda a Grécia. Ninguém estava disposto a enfrentar-la deviso ao enorme temos que causava. Mas Xena ainda queria mais. Queria ser indestrutível e para isso teria que lutar contra a pessoa que lutava contra o bem: Hércules. Ela conhecia a fama do Hércules e também sabia que vencer ele não seria tarefa fácil. Xena armou um plano para acabar com ele, usando seduzir o melhor amigo de Hércules. Mas o plano falhou.




Traída pela sua tropa, Xena parte mas jura voltar e vingar-se. Sozinha, arrependida e querendo mudar de vida, ela reencontra Hércules, que lhe estende a mão. Hércules e Xena lutaram lado a lado com a tropa que, um dia, fora comandada por Xena. Após o fim da batalha, Xena parte em busca da redenção. A partir desse momento, Xena passa a lutar contra o mal e a favor do bem. 




É nesse momento que inicia o seriado. Seu primeiro ato de heroísmo é lutar contra alguns homens que haviam saqueado um vilarejo e agora mantinha as mulheres como refém. Foi nesse momento que Xena encontra-se com Gabrielle. Hércules teve grande influência na vida de Xena, graças a ele foi que Xena deu-se conta de que teria que mudar de vida. Mas foi graças a amizade de Gabrielle que ela conseguiu alcançar esse objetivo. Elas lutaram juntas para salvar pessoas inocentes.


Xena foi a única série de guerra que eu assisti e adorava. Acho que gostava tanto por esse lado meio místico de deuses que fazia parte do enredo. Agora com a internet é possível ter acesso aos episódios e as vezes ainda os assisto.  Você gostava de Xena? Ou preferia Hércules? Eu, particularmente nunca fui com a cara do Hércules, mas...

4 comentários:

  1. Eu amoooooo Xena! Amei o post. :-)
    Sempre que posso, baixo episódios para assistir. Ela é demais!
    Parabéns pelo post incrível. Beijosssss...

    ♡ Blog: SolteirasNoivasCasadas.com

    ♡ Fan Page: facebook/SolteirasNoivasCasadas

    ResponderExcluir
  2. eu também amava... ainda gosto, mas tenho visto outras coisas...

    ResponderExcluir
  3. Fora a série, também tenho visto outras: Supernatural (ansiosa pela 9.ª temporada), Big Bang Theory e Revenge. :-)
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. ...e vocês já assistiram o final da serie?

    ResponderExcluir